As seguintes linhas de pesquisa são desenvolvidas pelos pesquisadores do grupo BrOA:

 

• Biogeoquímica de Ecossistemas Costeiros e Estuarinos

Esta linha de pesquisa tem por objetivo monitorar os principais parâmetros biogeoquímicos em ecossistemas costeiros e estuarinos (lagunas, manguezais). De modo a identificar alterações das características ambientais devido a interferência antrópica e ao excesso de CO2 que vem sendo liberado na atmosfera.

 

• Efeitos da acidificação dos oceanos e das alterações das propriedades hidrográficas no metabolismo de organismos marinhos

Esta linha de pesquisa tem por objetivo determinar os impactos e efeitos da Acidificação dos Oceanos e das propriedades hidrográficas (temperatura, salinidade, oxigênio dissolvido) na trofodinâmica e no metabolismo de organismos e comunidades marinhas, incluindo fitoplâncton, zooplâncton, recifes coralinos e bentos de fundos consolidados e nãoconsolidados.

 

• Estudo de proxies para avaliação e reconstituição do sistema carbonato marinho

Esta linha de pesquisa tem por objetivo avaliar a aplicação de proxies carbonáticos na reconstituição do sistema carbonato marinho passado, possibilitando a compreensão dos efeitos da variação de CO2 atmosférico no oceano a partir de eventos pretéritos.

 

• Modelagem Oceânica e Biogeoquímica para estudos de Acidificação dos Oceanos

Esta linha de pesquisa tem por objetivo simular os parâmetros biogeoquímicos a partir de rodadas de modelos oceânicos regionais, para estudos de Acidificação dos Oceanos e seus impactos na biota marinha e recursos pesqueiros.

 

• Processos físicos e biogeoquímicos controladores da troca de carbono na interface ar-mar

Esta linha de pesquisa tem por objetivo determinar e modelar os fluxos líquidos de dióxido de carbono na interface ar-mar de ambientes costeiros, estuarinos e de regime oceânico.Assim como, utilizar sensoriamento remoto da cor do oceano para determinação do sistema carbonato em larga escala espacial.